Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curral Quântico

We are no longer the same, you wiser but not sadder, and I sadder but not wiser (...)

Date your age

   O Festival já estava a fechar quando passámos pelo insuflável: um camião dos bombeiros escondido num canto escuro, à saída do recinto; vazio. Escurecera há muito, a aragem trazia as nuvens da semana seguinte e os nossos braços roçavam um no outro, tímidos, cheios de intenções. Eu confessei que nunca tinha brincado num insuflável. Não sei bem porque é que o disse; e arrependi-me logo, aguardando a tirada condescendente. Mas as palavras que eu esperava nunca chegaram: em vez disso, ele parou em frente ao camião vermelho e convidou-me a entrar. No início resisti, por amor a hábitos antigos; depois lembrei-me que já nenhum desses hábitos importava e entrei. Foi tão simples trepar a pequena rampa de acesso, saltar entre pilares macios e descer por um escorrega do tamanho das minhas pernas. Fácil, o espaço cheio de movimentos orgânicos. Se me perguntarem, tenho a melhor opinião acerca de insufláveis.